Aconteceu

Mulher é acusada de racismo e diz: “Que mané macaco, nada, chamei de orangotango”

A suspeita de cometer racismo foi identificada como Jaqueline da Rocha Silveira dos Santos Imagem: Reprodução/TV Globo

 

Jaqueline da Rocha Silveira dos Santos foi levada à delegacia após ser acusada de racismo contra um homem, na Lapa, no centro do Rio de Janeiro. Ela foi autuada em flagrante por injúria racial, e liberada após pagar fiança no valor de um salário mínimo (R$ 1.045). As informações são do RJ2, da TV Globo.

 

 

A mulher teria chamado o homem de “macaco”, e o rapaz decidiu chamar a polícia e agentes civis da Operação Lapa Presente que estavam em patrulhamento pela região.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

To Top