Celebridades

Nos EUA, Marco Pigossi culpa Bolsonaro pela morte de Paulo Gustavo

Foto: Reprodução

Marco Pigossi está morando nos Estados Unidos, e aproveitou que tomou a vacina contra a Covid-19 para fazer uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro. Ele culpou o governante pela morte de Paulo Gustavo, que ficou internado durante 53 dias em um hospital no Rio de Janeiro.

Veja também
Beyoncé faz homenagem à Paulo Gustavo

Ele reside na Califórnia, e compartilhou uma foto em que recebia uma dose do imunizante. “Eu tomei a vacina há exatos 32 dias. E não ia postar essa foto, achei que não seria de bom tom. Mas, diante de tantas perdas no nosso país, decidi postar. Porque o intuito é mesmo gerar indignação”, começou. “Indignação com um líder que ignorou uma doença e é diretamente responsável pela morte de mais de 400 mil brasileiros. Aqui, o líder que ignorava a doença foi trocado. O novo presidente, com um plano honesto e organizado, já vacinou metade da população”, declarou ele, falando sobre a eleição de Joe Biden no país.

“Ontem foi o segundo dia consecutivo sem mortes na Califórnia. Ontem foi o dia em que perdemos um ícone que o Brasil tanto amava. Ontem poderia ter sido evitado. Poderia ter sido evitado mais de 400 mil vezes”, finalizou o ator.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

To Top