Conecte-se

Figuras Públicas Com Possíveis Transtornos Mentais

Armie Hammer é acusado de abuso e canibalismo em prints vazados

📸 Reprodução - Armie Hammer

Notícias

Armie Hammer é acusado de abuso e canibalismo em prints vazados

O ator Armie Hammer, do sucesso “Me Chame Pelo Seu Nome”, foi acusado de abuso e canibalismo na madrugada desta segunda-feira (11). Em prints vazados, Hammer supostamente se autodeclara canibal e insiste para consumir o sangue das vítimas, além de demonstrar um comportamento manipulador.

“Eu sou 100% canibal. Eu quero comer você. M*rda! É assustador admitir isso. Eu nunca admiti isso antes. Eu já cortei o coração de um animal vivo e comi enquanto ainda estava quente.”, diz em um dos prints.

Tudo fica ainda mais assustador quando outra conversa foi exposta. Neste novo print, o ator teria dito que gostava de ter relações sexuais que parecessem sem consentimento dos outros envolvidos,

“Estuprar você no chão com uma faca contra o seu pescoço. Qualquer outra coisa parece entediante. Você chorando e gritando enquanto estou em cima de você. Me sinto como Deus. Nunca senti tanto poder.”

O nome de Armie se tornou um dos mais citados no Twitter e um dos assuntos mais comentados na rede social, que reuniu mais de 20 mil postagens de internautas. O ator ainda não se posicionou sobre o caso e nenhum comunicado à imprensa foi emitido.

De acordo com o site unCrazed, as informações seriam falsas. Mesmo assim, o nome do ator foi parar nos Trending Topics do Twitter.

Em 2017, chegou a conhecimento público que Hammer havia curtido tweets sobre BDSM (conjunto de práticas consensuais envolvendo bondage, disciplina, dominação, submissão, sadomasoquismo e outros). O ator chegou a sair da rede social durante um tempo e quando retornou, no início de 2018, brincou: “Eles deveriam colocar um dispositivo de medição de álcool no sangue em telefones celulares para evitar que você reative o Twitter quando está bêbado”.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de Notícias

To Top