Notícias

Thaís Braz desabafa sobre piadas com sua fala: “Me chamaram de burra, perguntaram como me formei”

Foto: Reprodução

Thaís Braz, ex-bbb, virou meme nas redes sociais por conta de sua dificuldade de se expressar em público. A sister confessou que se magoou quando descobriu que virou alvo de piadas nas redes sociais pelo problema. Em entrevista à revista Quem, ela declarou que se sentiu triste pela falta de apoio para lidar a questão, que é causada por insegurança.

“Fiquei um pouco triste por faltar empatia das pessoas. Ninguém viu isso como um problema. É um problema. Isso me deixa triste. Eu mesma me fiz pressão quanto a isso. Eu fui corajosa de ir. Nunca tinha me colocado em situações que tinha que falar em público. Eu sempre gostei de foto e produção, mas nunca chegava na câmera e falava. Aquilo ali foi uma coisa muito nova para mim. Eu não sabia como ia reagir. Fiquei triste das pessoas serem tão malvadas com isso. É só um jeito de falar que é consequência do meu nervosismo, da minha insegurança. Falavam: ‘Aprenda a falar’. E começaram a generalizar a minha vida inteira. Só porque eu não consegui ser firme no ao vivo e clara nas ideias, me chamaram de burra. Perguntaram como me formei. Isso me machuca. Estou lutando atrás dos meus sonhos, uma coisa que sou é corajosa”, desabafou.

Ela ainda disse que sua participação foi importante para aprender a lidar com seus medos. “Me sinto aliviada. Não sabia o tanto que isso me atormentava por dentro. As pessoas já me viram de todo jeito. Me sinto muito leve de poder falar isso e feliz de saber que de alguma forma ajudo pessoas que se identificaram comigo, eu dou força e eles me dão força também. Tudo que acontece na nossa vida serve pra gente aprender. Aprendo com meus erros e os dos outros sem julgá-los como as piores pessoas do mundo. Quero focar na minha força”.

Thaís ainda contou sobre o aprendizado que teve. “É melhor me arrepender do que fiz do que pelo que deixei de fazer. A insegurança é o monstro da minha vida. Eu era insegura e tinha uma capa para dizer que não era. Sou, sim, e estou trabalhando para mudar isso. Preciso acreditar em mim. Se eu não acreditar em mim, quem vai?”, concluiu.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

To Top